11
jun
2013
24

Meia Vida Das Drogas (A Verdade):

Propionato de testosterona 2 dias
Fenilpropionato de testosterona 3 dias
Fenilpropionato de nandrolona 3 dias
Isocaproato de testosterona 4 dias
Decanoato de testosterona 7dias
Decanoato de nandrolona 6-7 dias
Cipionato de testosterona 6 dias
Enantato de testosterona 5 dias
Propionado drostanolona 2 dias
Enantato de metenolona 5 dias
Undecilenato de Boldenona 7 dias
Acetato de Trenbolona 2 dias
Enantato de trenbolona 5-6 dias

Orais – 17AA (Tempo em horas aproximadamente)

Estanozolol 7-9 horas
Oxandrolona 4-6 horas
Metandrostenolona 4-6 horas
Oximetolona 5-6 horas

Porquê esses valores são tão baixos em relação as tabelas anteriores ?

Simplesmente porquê as tabelas anteriores eram com base na teoria de um famoso escritor sobre esteróides o Bill Roberts, que formulou anos atrás que para saber a meia-vida de um esteróide era apenas multiplicar a quantidade de carbonos do ester por 1.5, ou seja, o propionato de testosterona que tem três carbonos no ester teria então 4,5 dias de meia vida e o decanoato (10 carbonos) de testosterona teria 15 dias. Infelizmente seu metabolismo não sabe matemática, nem essa fórmula que parece ser simples, mas não funciona na prática. Então essa tabela é totalmente ultrapassada já que hoje já se tem estudos “in vivo” para quase todas as drogas existentes no mercado, tendo valores muito mais confiáveis do que os propostos na teoria do Bill Roberts.

TABELAS USUAIS COM VALORES ERRADOS:

Meia vida aproximada de alguns esteróides anabólicos injetáveis:
Decanoato de nandrolona: 15 dias
Undecilenato de boldenone: de 14 a 16 dias
Mentelona: 10.5 dias
Durateston: de 15 a 18 dias (1)
Cipionato de testosterona: 12 dias
Enantato de testosterona: 10.5 dias
Propionato de testosterona: 4.5 dias
Testosterona aquosa: 1 dia
Stanozolol: 1 dia (2)
Acetado de Trembolone: 3 dias
Enantato de Metenolona: 10,5 dias

(1) A durateston é um composto dos seguintes ésteres com suas respectivas meias vidas aproximadas:
Decanoato: 15 dias
Fenilpropionato: 4.5 dias
Isocaproato: 9 dias
Propionato: 4.5 dias

(2) O Stanozolol possui uma meia vida atípica comparada a outras drogas injetáveis, pois seus cristais dissolvem lentamente, mas, tão logo tenha dissolvido, sua concentração declina rapidamente.

Meia vida aproximada de alguns esteróides anabólicos orais:
Oximetolona: de 8 a 9 horas
Oxandrolona: 9 horas
Metandrostenolona: de 4.5 a 6 dias
Metiltestosterona: 4 dias
Stanozolol oral ou a forma injetável administrada oralmente: 9 horas (ler Dicionário do Mal)

Meia vida aproximada de algumas drogas não esteróides anabólicos:
Cloridrato de clembuterol: 1.5 dias
Citrato de clomifeno: 5 dias
Aminoglutademida: 6 horas
Efedrina: 6 horas
Tiratricol: 6 horas
T3: 10 horas
Anastrozol: 3 dias

REFERÊNCIAS:
http://amnb.forumeiros.com/t2-faq-meia-vida
E
http://www.animalbombado.com/musculacao-anabolizantes/meia-vida.html

You may also like

Hormônios: anabolismo/catabolismo, lipogênese/lipólise (DUDU)
Simplicidade, Consistência e Adaptação (Dudu)
Ciclo dos Profissionais 3: anos 70 (era Arnold)
Importância das drogas e hormônios no bodybuilding

10 Responses

  1. Pingback : example.org.17

  2. Pingback : newtube sirius434 abdu23na1630 abdu23na53

  3. Pyter

    Minha curiosidade é a seguinte.Se eu fizer um ciclo de oxandrolona e enantato de metenolona,ao desligar meu sistema endócrino com estes anabolizantes eu posso mante-lo deligado com manutenção em doses terapeuticas dos mesmos?
    se sim como faço para calcular essa dose?
    E com relação a dosagem do enantato,para mensurar a quantidade a ser usada inicialmente existe algum calculo do qual eu possa fazer para saber o quanto devo começar no ciclo?

  4. Moraes

    No caso fazendo um “ciclo” de 5 semanas de Durateston, com uma dosagem pequena, apenas 250mg por semana, terei muitos efeitos colaterais? E como deve ser feito meu TPC com Tamoxifeno?

  5. Pingback : TPC terapia pós ciclo como fazer maneira correta - Info Musculação

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.