24
dez
2018
9

EXERCÍCIO E EMAGRECIMENTO (DUDU)

O EXERCÍCIO costuma mostrar pouco resultado na perda de peso/gordura segundo a grande maioria dos estudos. Não apenas o exercício aeróbico, mas também a musculação contribui pouco para a perda de gordura.

Apesar do exercício diário contribuir com um aumento do gasto energético de 300 a 600 kcal/dia, a perda de peso e gordura não parece acompanhar o efeito cumulativo desse gasto. Existem duas explicações possíveis para isso:

1) A primeira é que o gasto energético gerado pelo exercício acaba sendo compensado por um aumento da ingestão calórica. Isso mostra que se exercitar mais e comer menos para emagrecer é uma ideia superficial e ingênua, pois considera o gasto energético e a ingestão energética variáveis independentes, quando na verdade são interdependentes e influenciadas pela mudança do nosso peso/gordura (reserva de energia);

2) A segunda explicação é que quando um indivíduo aumenta o seu gasto energético fazendo exercício, ele pode sem perceber diminuir o gasto energético de suas atividades diárias (andar, se mexer no trabalho, transar etc). O gasto energético de atividades do dia a dia que não são do exercício é chamado de “termogênese da atividade não exercício” (NEAT).

Agora, é importante deixar claro que o exercício tem potencial de promover emagrecimento, seja aeróbico ou musculação. O tamanho do efeito vai depender do controle dessas variáveis, ingestão calórica e NEAT, além da intensidade e volume do exercício. Por esse motivo existe tanta discrepância nos resultados comparando diferentes indivíduos e estudos.

Estudos em ambiente controlado (Bouchard, Tremblay) mostram que o exercício aeróbico é efetivo para promover perda de peso/gordura. Além disso, o exercício promove perda de peso/gordura preservando mais a massa magra do que aumentando o déficit energético apenas com dieta. Fisiculturistas podem ter mais benefícios que pessoas comuns porque controlam com mais rigidez a ingestão energética, pesando alimentos por exemplo.

É besteira discutir que tipo de exercício é mais eficiente para perda de gordura se você ignora que o gasto energético e a ingestão energética estão tão interligados e são influenciados por mudanças no nosso peso corporal.

abraços, Dudu Haluch

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.