18
mar
2022

Fake news da nutrição: esclarecimentos sobre o trigo e algumas bobagens difundidas na internet

1- Não podemos falar que o trigo piora a esquizofrenia. Uma meta análise até encontra alguns benefícios mas deixa claro que os estudos são limitados por não serem randomizados e muito heterogêneos.
Use of a Gluten-Free Diet in Schizophrenia: A Systematic Review

2- Também não há evidências significativas de ligação direta do trigo ao TDAH, ou que seja útil no tratamento.

3- Trigo não vicia. Nenhum alimento especifico é ligado ao vício, muito menos o trigo, ou glúten. Por essa lógica, você viciaria em pão sem recheio e macarrão sem molho.

4- Não é possível atribuir aumento de apetite ao trigo, isso não tem fundamento nenhum.

5- Como o trigo contém glúten, ele pode causar grandes danos ao intestino em pessoas com doença celíaca, mas isso não ocorre em pessoas saudáveis.

6- Qualquer fonte de carboidrato vai aumentar a glicemia, não é particularidade do trigo e isso não é um problema. Seu corpo precisa de glicose todos os dias, por isso na falta de consumo de carboidratos o próprio organismo tem que fazer glicose através de um processo conhecido como gliconeogênese. O cérebro e as hemácias dependem de glicose como fonte de energia, por isso precisamos ter “açúcar no sangue” sempre.

7- Não há nada ligando a refluxo e azia em pacientes saudáveis. Por essa lógica, todo mundo teria refluxo após o pãozinho pela manhã.

8- Trigo não aumenta a inflamação porra nenhuma. Como explicamos na aula sobre Leite na Nutriflix, é preciso falar quais marcadores de inflamação aumentam e qual a relevância deles. Neste caso, nenhuma.

9- “Trigo destrói seu cérebro”, teu r4b0.

10- Nenhum alimento engorda ou emagrece, você engorda quando consome mais calorias do que seu corpo gasta, segundo as leis da física.

Leave a Reply