9
mar
2022

Por que a fome aumenta durante o processo de emagrecimento?

O principal hormônio regulador da saciedade é a leptina, secretada pelos adipócitos (células do tecido adiposo). A leptina é responsável por regular a ingestão energética e o peso corporal. A leptina controla o apetite atuando no hipotálamo inibindo neurônios que secretam peptídeos orexígenos (NPY,
AgRP) e estimulando neurônios que secretam peptídeos anorexígenos (POMC, CART).

Além de controlar a ingestão de calorias, a leptina também afeta o gasto energético. A redução da ingestão calórica e a perda de gordura provocam redução dos níveis de leptina. Com a redução das concentrações de leptina, a saciedade diminui.

Para piorar a situação, ocorre aumento dos níveis de grelina, hormônio secretado principalmente no estômago e responsável pelo aumento da fome. Outros hormônios que controlam a saciedade também sofrem redução durante a restrição calórica e perda de peso, entre os quais, a insulina, a colecistocinina (CCK), o PYY e a amilina.

Estudos mostram que mesmo meses após a perda de peso (~ 1 ano), as concentrações desses hormônios continuam alteradas, tornando difícil a manutenção de um baixo peso corporal,
principalmente de um baixo percentual de gordura.


Referência: Livro Emagrecimento e Metabolismo. Dudu Haluch, 2021.

Leave a Reply