13
fev
2014
3

Produção NATURAL e limite NATURAL (DUDU)

Seu corpo produz média de 50-70mg de testosterona por semana. A concentração plasmática de testosterona varia de 300 a 1.000 mg/dl e a taxa de produção diária nos homens é de 2,5 a 11mg (SILVA, DANIELSKI, CZEPIELEWSKI, 2002). Nas mulheres esse hormônio também é produzido pelas glândulas supra-renais e ovários, porém em menores quantidades 0,25 a 1mg/dia (PAGNANI, OLIVEIRA, SANTOJA, 2002).

Nos adultos, a produção endógena de GH é de aproximadamente 0,4 mg/dia (18,6 nmol/dia, ou 1,2UI), e nos jovens adolescentes, cerca de 0,7 mg/dia (32,5 nmol/ dia, ou 2,1 UI). Nos adultos, com idade entre 30 a 50 anos, a produção endógena de GH é de aproximadamente 0,2 mg/dia (0,6UI) em mulheres e 0,1 mg/dia (0,3UI) em homens (BUZZINI, et al, 2007). A concentração plasmática basal de GH em adultos: 0 a 3 ng/ml.

As doses em um ciclo comum de esteroides androgênicos variam média de ~500-1000mg semana entre os homens (10 a 20x mais que a produção natural de testosterona), e de ~100-200mg semana entre as mulheres (10 a 30x mais que a produção natural de testosterona). Mesmo que o poder androgênico/anabólico seja variável entre diferentes esteroides, vemos que as doses comuns normalmente utilizadas são muito maiores que os níveis endógenos. É importante lembrar também que essas doses elevadas suprimem o eixo hormonal dos homens, o que faz com que, após cessar o uso de androgênios, seu corpo passe um bom tempo sem produzir nada, mesmo que a queda não seja brusca, devido a meia-vida longa de alguns esteroides, essa queda dos níveis de hormônios anabólicos prolongada cria um ambiente altamente catabólico. Considere um ciclo onde você usa 1000-2000mg semana de esteroides androgênicos, e atinge 5-6% de BF no auge do ciclo com uma boa quantidade de massa muscular. Após o ciclo você não terá quase nada de hormônio anabólico no sangue (eles estarão em queda, e os níveis endógenos suprimidos) para segurar esse percentual de gordura baixo e manter massa muscular, sem contar com o possível aumento dos catabólicos e estrogênios, que irão favorecer perda de massa muscular e ganho de gordura no período pós-ciclo. Quando você recuperar seu eixo hormonal (o que pode levar de 2 a 4 meses, mesmo com uma boa TPC), seu corpo vai voltar no máximo com ~70mg semana de androgênios naturais (testosterona), sendo que você chegou nos 5-6% de BF usando 1000-2000mg de androgênios por semana. Agora você entende porque é difícil manter os ganhos de um ciclo para um cara com muita massa muscular (frangos tem facilidade por adaptação do organismo), e também entende porque o limite natural existe, e nenhum cara grande que aparece aí rasgado com 4-5% de BF ganhando campeonato de fisiculturismo pode estar natural.

Já para o GH, as doses normalmente utilizadas são de ~4-6UI dia, e sua produção endógena não fica suprimida após o uso, já que o GH é secretado em vários pulsos durante o dia e a noite, 6 a 10 picos/dia (3-4 h), com maior liberação durante o sono.

Isso é um dos fortes motivos porque o abuso de hormônios anabólicos não pode te manter além daquilo que seu potencial genético pode permitir, e também porque você regride tanto após um ciclo (e quanto mais você usa mais difícil manter e recuperar o eixo HPT), principalmente se você já tem muita massa muscular e baixo percentual de gordura. Não existe mágica, pode fazer a TPC mais linda do mundo, você só pode manter no longo prazo aquilo que seu corpo naturalmente permitir, e isso considerando que só os mais dedicados chegarão próximo do seu limite natural depois de longos anos de treino e muito conhecimento. Mais um forte motivo para se dedicar mais ao treino e a dieta do que aos ciclos milagrosos, a menos que você pense em ciclar a vida toda.

abraços, Dudu Haluch

 

http://books.google.com.br/books?id=fR84AgAAQBAJ&pg=PA326…

http://www.efdeportes.com/…/uso-do-hormonio-do…

http://www.efdeportes.com/…/treinamento-de-forca-sobre…

http://www.duduhaluch.com.br/o-limite-natural-potencial…/

3 Responses

  1. Renato franklin

    Perfeita explicação! Uso de hormônios para mim, só no futuro para fazer reposição e manter qualidade de vida. Saúde sempre em 1º lugar! Forte abraço!!

  2. Carcacinha

    Muito bom artigo Dudu. Eu primeiramente espero explorar ao máximo o meu limite natural, treino por qualidade de vida. Talvez eu use hormonios no futuro visando uma melhor qualidade muscular… não é certeza, só tempo vai dize rss. obrigado mais uma vez man!

  3. Lenilson araujo

    Mto informativo, adorei a sinceridade da real situacao do uso de aes, qualqer coisa em exagero faz bem sem contar com treino intenso dieta e descanco anabolico

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.